O Naturismo é uma forma de viver em harmonia com a Natureza caracterizada pela prática da nudez colectiva, com o propósito de favorecer a auto-estima, o respeito pelos outros e pelo meio ambiente.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Protocolo - Finca Johanna

Em espaço rural naturista com desconto ao Cartão Naturista entre o mar e a serra a apenas 20 minutos da espectacular praia naturista de Benalnatura.

Visite a nossa pagina para informação completa.



segunda-feira, 20 de junho de 2016

Légua Nudista do Meco 2016 - Inscrições

Inscreve-te na prova para correr ou caminhar.

Participa por uma das equipas ao dispor na respectiva opção.

Formulário exclusivo para participantes portadores de Cartão Naturista, os restantes participantes devem inscrever-se directamente junto da organização, saiba como aqui.
 

domingo, 19 de junho de 2016

Nudismo e as erecções no masculino

A erecção masculina naturista e as erecções no Nudismo


Erecção Nudista - Uma série de artigos lida com o assunto das erecções masculinas e o nudismo. Muitos praticantes do Naturismo sentem que é dada muita atenção negativa a este evento que ocorre naturalmente. Outros dentro da comunidade naturista expressam o sentimento de "proteger" determinados grupos externos do que seria entendido como um gesto sexual. Aspectos religiosos e a sociedade continuam a fazer do pénis e suas acções uma área de discussão no seio da comunidade naturista.

Artigo completo na nossa pagina.


quinta-feira, 16 de junho de 2016

Cartão Naturista - Férias

Por motivo de férias a FPN estará encerrada de 24 de Junho a 3 de Julho.

Todos os selos ou cartões devem ser solicitados até dia 22 para serem enviados a 23 de Junho.

Solicita-se a divulgação pelos vossos associados

Saudações Naturistas

terça-feira, 14 de junho de 2016

Os jovens na luta pela igualdade e pelos direitos


"Cada vez vemos más acciones en redes que pretenden denunciar las situaciones de injusticia que vivimos en el mundo. El machismo es una de ellas. Por eso esta catalana de 17 años ha querido poner su granito de arena y denunciar la desigualdad que hay entre hombres y mujeres. ¿Cómo? Con una foto desnuda en Instagram en la que ella tiene que cubrirse los pezones y él, por ser hombre, no."
Fonte

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Focus: Edição de Junho

A ultima edição da newsletter da INF já disponível para leitura a partir da nossa pagina em:

http://www.fpn.pt/pt/media/focus/focus.php

Uma edição com Portugal em destaque na primeira pagina.

domingo, 5 de junho de 2016

Dia Mundial do Naturismo

Em 4 de Junho de 2006 foi celebrado pela primeira vez o Dia Mundial do Naturismo.

Actualmente este dia é celebrado em Junho no hemisfério Norte e em Dezembro no hemisfério Sul.

Para 2016 as datas escolhidas pela Federação Naturista Internacional (INF / FNI) para celebrar o naturismo são as seguintes: 5 de Junho e 4 de Dezembro.

O naturismo defende o respeito por si próprio e pelos outros e em simultâneo pelo meio ambiente, advogando a pratica da nudez social num ambiente familiar de harmonia com a natureza.

A sua actual definição:

O Naturismo é uma forma de viver em harmonia com a Natureza caracterizada pela prática da nudez social, com o propósito de favorecer a auto-estima, o respeito pelos outros e pelo meio ambiente.

Integra-se numa filosofia de vida e numa forma de estar na vida em que a nudez social é o grande factor diferenciador face a outras filosofias.

O objectivo deste dia visa dar a conhecer o naturismo levando a uma aceitação da sua prática e, em simultâneo convidar os naturistas a um dia de reflexão sobre o movimento.

Pelo mundo fora Federações, associações e espaços naturistas abrem as suas portas ou realizam actividades promovendo a divulgação do movimento a nível local, nacional e internacional.

A Federação Naturista Internacional em conjunto com as Federações nacionais e restantes entidades procura com este dia levar a filosofia do naturismo a um público mais amplo.

Deste 2006 que este dia se tornou num dia de verdadeira celebração do naturismo para os seus adeptos espalhados pelo mundo inteiro.

Debater a filosofia naturista, abrir as portas de espaços naturistas ou promover uma primeira abordagem naturismo são as primeiras linhas de acção para este dia.

Descobre mais sobre o naturismo aqui.

Sabe como aderir a esta comunidade presente em mais de 40 países e com milhões de adeptos espalhados pelo mundo.


Em 2016 o Dia Mundial do Naturismo é celebrado em 5 de Junho na Praia da Adiça.


A FPN apela a todos os naturistas que neste dia "ocupem" o maior numero de praias possíveis oficiais e de uso e costume naturista contribuindo desta forma para promover e divulgar o naturismo e em simultâneo tornar o dia numa actividade de "pressão" sobre as autarquias para a legalização futura de mais praias em Portugal e melhores condições nas já legalizadas.

No local é possível ao longo do dia aderir ao Cartão Naturista  ou renovar o selo de 2016.





O evento no facebook em formato Qr-code ou através de link.

Partilha e ajuda a divulgar e promover este evento.


sexta-feira, 3 de junho de 2016

DIA INTERNACIONAL DO NATURISMO

O Dia Mundial do Naturismo visto do outro lado do Atlântico por Evandro Telles

Nota - publicação no blog da FPN autorizada pelo autor.

05 DE JUNHO 2016 – DIA INTERNACIONAL DO NATURISMO

Esse ano comemoramos no dia 05 de junho o Dia Internacional do Naturismo. Numa pesquisa mais detalhada das datas comemorativas no site http://www.calendarr.com/brasil/datas-comemorativas-2013/ não encontraremos nenhuma menção com relação a essa data. Iremos encontrar o dia do carteiro, aposentado e até dos animais, menos do Naturismo. Tenho a sugestão de trocar essa data para 30/01 que é o Dia da Não-Violência. Sim, porque desconheço um movimento mais pacífico; inclusive onde as guerras se instalam o Naturismo desaparece, ele só sobrevive num ambiente de paz, de fraternidade e de respeito.


O problema do Naturismo é a falta de conhecimento do que representa esse movimento, até mesmo os mais letrados e intelectuais não encontram informações nas suas bibliotecas, arrisco dizer que muitos praticantes também precisam de algumas aulas. A bem da verdade todos nós precisamos parar um pouco para aprender observar a natureza, o simples ato de meditar ajuda; a questão é: Como parar num mundo caótico e maluco em que vivemos? Observem como é grande o número de pessoas correndo para cima e para baixo e afirmo que não chegam a lugar algum, se tornou um hábito.

Algumas pessoas me dizem: “é preciso coragem para tirar as roupas”, o que demonstra como a sociedade condicionou o indivíduo a ficar distante da sua própria natureza. Alguns naturistas têm medo de se assumir diante dos seus familiares, buscam a liberdade, mas não a conquistam. Chega perto, mas não abre as portas do coração. Assim Budha fez a seguinte declaração: “Olhe para o seu coração, siga a sua natureza”. Isso sim que é preciso coragem, porque a liberdade conquistada não o fará pervertido, mas um ser humano mais responsável.

Excesso de bebidas e consumo de drogas não é uma questão de auto-controle, e sim da infelicidade que o ser humano carrega dentro de si. “Sigmund Freud, depois de quarenta anos de pesquisa sobre a mente humana, trabalhando com milhares de pessoas e observando milhares de mentes perturbadas, chegou à conclusão de que a felicidade é uma ficção, o ser humano não pode ser feliz”. Se ele não pode ser feliz com a liberdade que o Naturismo pode lhe proporcionar, que é a liberdade mental, é porque não compreendeu a essência e a riqueza desse estilo de vida. Ainda não compreendeu que para se intitular como um naturista o pré-requisito não é somente com relação à nudez, mas também o respeito pelo espaço do outro.

Se o Naturismo coloca o homem integrado com a natureza, também o deixa não fragmentado, seu olhar para com o outro será como se visse no espelho. Os espaços individuais deverão ser constantemente respeitados e a vida se manifestaria harmoniosamente. E se tivermos a percepção que essas mudanças são realmente possíveis iríamos comemorar o dia o Naturismo junto com o Dia Mundial da Terra, o Dia Mundial da Água, Dia do Amigo, e muitos outros dias mais.

Vejo que podemos ser agentes de profundas transformações, assim sempre faço a sugestão aos grupos naturistas dedicarem uma pausa nas atividades para realizarem momentos de reflexão sobre o Naturismo em muitos dos seus contextos. Tenho a convicção de que tal prática aliada às realizações de palestras, apresentações teatrais, leituras e debates deveria constituir uma prática constante para o crescimento individual e grupal.

O Naturismo brasileiro ainda está de fraldas, todos nós podemos nos doar um pouco mais para que essa criança tenha dignidade. A própria sociedade irá requerer um dia para que o Naturismo seja lembrado do ser humano no seu estado natural, livre dos preconceitos e em paz com seus semelhantes.


Evandro Telles